Categoria: Físico-química

Bolsa especial para filtrar urina humana

bolsa para filtrar urina
Dr Kevin Fong demonstra em uma palestra na Royal Society, na Inglaterra, uma bolsa especial que consegue fazer a reciclagem a urina humana.

Na verdade são duas bolsas, uma dentro da outra, a bolsa interna possui uma membrana semi-permeável especial que permite apenas a passagem da água, deixando os resíduos da urina na outra parte da bolsa.

O efeito é garantido pela adição de um ‘xarope’ que promove a migração osmótica da água pela membrana semi-permeável.

E um aviso bem chamativo informa onde você deve urinar e onde deve beber a água purificada. Não é uma boa ideia confundir o lado.
onde entra a urina e onde sai a água

Ok! Kevin diz que infelizmente o cheiro e gosto não são muito bons. Ainda lembram muito a urina. Mas ele garante que o processo é seguro. 😉

Vídeo com legenda em português.

Legenda e texto escritos por Prof. Dr. Luís Roberto Brudna Holzle ( luisbrudna@gmail.com ).

Dica de leitura
Urina como fonte de hidrogênio

Selando gases em tubos

cody mostra coleção de gases
O Cody Reeder, do canal Cody’s Lab, tem uma coleção de gases e no vídeo abaixo mostra o procedimento que utiliza para isolar e selar os gases dentro de tubos de vidro. A principal demonstração foi feita com o gás óxido nitroso!

O vidro utilizado tinha 10 milímetros de diâmetro com paredes de 2 milímetros de espessura.

Cody comenta que a principal dificuldade do procedimento é evitar que a água gerada pela combustão no maçarico usado para selar os tubos não fique presa dentro do tubo. Além de que é necessário observar bem a massa do gás que se deseja guardar no tubo para não se exceder um valor que cause uma alta pressão e rompimento da ampola.

Vídeo com legenda em português.

Atenção! Este procedimento pode gerar altas pressões que podem resultar em explosões e ferimentos. Além disso a eventual manipulação de nitrogênio líquido pode ser bem perigosa. Somente pessoas treinadas e com equipamento de segurança são autorizadas para realizar este tipo de procedimento.

Texto e legenda escritos por Prof. Dr. Luís Roberto Brudna Holzle ( luisbrudna@gmail.com ).

Dissolvendo casca de ovo com gás carbônico

pedaço de gelo seco em tubo de metal
Atenção – Este experimento é EXTREMAMENTE PERIGOSO.

O gás carbônico (CO2) se dissolve em água e gera uma pequena quantidade de ácido carbônico (H2CO3) – o que leva uma acidificação da água. É importante lembrar que mesmo a água muito pura terá um pH abaixo da neutralidade (pH 7) se deixada em um recipiente aberto – por causa do CO2 do ar que se dissolve aumentando a acidez (diminui o pH).

Cody Reeder resolveu testar o efeito de CO2 pressurizado sobre a água que continha um ovo. A ideia é que o gelo seco (gás carbônico sólido) passe para a água aumentando a acidez e assim dissolvendo o carbonato de cálcio, que é boa parte da composição da casca do ovo.

Para demonstrar que o carbonato de cálcio realmente se dissolveu o Cody fez uma evaporação da água, obtendo novamente o carbonato de cálcio precipitado.

Vídeo com legenda em português!

Este experimento é EXTREMAMENTE PERIGOSO. Não tente repetir. O gelo seco causará um grande aumento de pressão ao passar para a fase gasosa. O perigo de explosão é muito alto.

Texto e legenda escritos por Prof. Dr. Luís Roberto Brudna Holzle ( luisbrudna@gmail.com ).

Conservação da energia e a impossibilidade do moto perpétuo

Dianna segura um pássaro sedento
Dianna Cowern, do canal Physics Girl, faz o clássico desafio “E eu dissesse para você que construí uma máquina que cria energia!?”. Rapidamente um conhecedor das leis da termodinâmica diria que é impossível criar energia (Primeira lei da termodinâmica).

Entre as primeiras tentativas de construir máquinas de movimento perpétuo estavam as rodas desequilibradas, e Dianna demonstra que o atrito e o deslocamento do centro de massa da roda são os primeiros empecilhos que alguém encontraria ao tentar construir um moto perpétuo deste estilo.

O tradicional brinquedo do ‘pássaro sedento’ serve como explicação de que algo que aparentemente funcionaria de forma perpétua na verdade é dependente de pequenas diferenças de temperatura causadas pela evaporação da água. E isso não é um moto perpétuo, é uma máquina térmica.

Vídeo com legenda em português. Veja como ativar a exibição da legenda do vídeo.

Se você tem interesse em conhecer diversos dispositivos de tentativas (desastradas) de construir máquinas de movimento perpétuo, visite http://www.feiradeciencias.com.br/sala25/index25.asp.

Ah… a palavra ‘moto’ é um sinônimo de ‘movimento’; e não tem relação com motocicletas. 😉

Legenda e texto escritos por Prof. Dr. Luís Roberto Brudna Holzle ( luisbrudna@gmail.com ).

O que é a segunda lei da termodinâmica?

câmera sensível ao calor filmando caneca
O conceito de entropia pode ser difícil para muitas pessoas. E é normal ter dúvidas sobre esse conceito.

O vídeo abaixo pode ser mais uma peça que você precisa para montar esse quebra-cabeças. Com alguns exemplos de probabilidades de distribuição, mistura em um copo de café e ovos quebrando; e a relação disso com a ‘seta do tempo’ – com muito tempo restante para que se atinja um máximo de entropia.

Vídeo com legenda em português!

A apresentadora fala que a entropia é uma medida da desordem no Universo. E neste ponto temos que ter cuidado para interpretar essa frase em termos da energia; e devemos evitar pensar diretamente na desordem de um quarto bagunçado ou de um baralho de cartas.

Legenda e texto escritos por Prof. Dr. Luís Roberto Brudna Holzle ( luisbrudna@gmail.com ).

Estourando pipocas no vácuo

comparando copos com pipocas
Esse é o típico experimento feito por curiosidade. O que acontece se estourarmos pipocas em uma câmara na qual foi feita vácuo?

Cody fez o teste e comparou o volume do mesmo número de pipocas estouradas em pressão normal (atmosférica) com as feitas no vácuo (remoção do ar).

O resultado é que as pipocas estouradas no vácuo ficam maiores. Isso ocorre porque no vácuo os vapores internos da semente conseguem expandir mais na baixa pressão durante o estouro, gerando uma pipoca mais ‘fofinha’. E parece que a namorada do Cody gostou mais das estouradas no vácuo!

Legenda em português no vídeo. Veja aqui como ativar a exibição.

Lembre que vácuo não tem relação com ausência de gravidade. São duas coisas diferentes.

Legenda e texto escritos por Prof. Dr. Luís Roberto Brudna Holzle ( luisbrudna@gmail.com ).