Jardim de cristais

experimento com cristalização
Seguindo a ideia da bela obra de arte com sulfato de cobre, fui buscar um velho conhecido (e algumas vezes esquecido no baú das memórias) dos químicos – o jardim de cristais.

Nunca realizei o experimento e não tenho como relatar as dificuldades e cuidados específicos que devem ser tomados para realizar esta demonstração. Mas penso que não deve ser uma tarefa difícil e que um pouco de pesquisa e engenhosidade pode superar as dificuldades e se obter um bom resultado.

A receita mais comum para este experimento é:
– Sal de cozinha (NaCl)
– hexacianoferrato férrico (azul da Prússia)
– amônia

O vídeo está em velocidade acelerada (time lapse)
Fonte do vídeo.

Um artigo na revista Journal of Chemical Education (2000 77 624A.) afirma que os cristais formados são quase que exclusivamente compostos de NaCl, e que o hexacianoferrato férrico provavelmente possui a função de servir como centro de cristalização resultando em um aspecto de ´flor´, e as fontes consultadas pelo JCE diferem quanto à função da amônia, alguns indicando que poderia servir como um facilitador da solubilidade do sal ou ainda para aumentar a velocidade de evaporação da solução. Outros testes relataram que poderia ocorrer alguma reação entre o hexacianoferrato férrico e a amônia.

Perceba, pelo vídeo, que a solução se move pelo papel pela ação capilar e que os cristais se formam a medida que a o líquido evapora.

Você pode também conseguir cristais coloridos com a adição de corantes na base onde os cristais vão crescer.
Veja exemplos:
http://www.instructables.com/id/Grow-your-own-Magic-Crystal-Tree-or-any-other-sha/

Algumas lojas vendem kits para conseguir resultados mais fáceis e bonitos. Desconfio que muitos deles funcionam em princípio semelhante ao descrito acima.

Um comentário

  1. Igor Santos jul 24, 2009

Escreva um comentário