Fita luminosa

fita luz
A fabricante da fita luminosa (Light Tape – Electro-LuminX) afirma que o produto não contém vidro, é flexível, não contém mercúrio, gera pouco calor, tem o custo operacional de 1/6 de outros produtos similares com LED, consome 0,5W para cada 30cm de comprimento e tem um custo de 20X menos do que lâmpadas fluorescentes convencionais.

Se pelo menos uma parte de todas essas promessas for verdadeira, acho que o produto tem uma grande chance de se tornar popular em um vasto tipo de aplicações. E ainda, com a possibilidade de aprimoramento tecnológico, estaremos em contato com este tipo de produto em um curto espaço de tempo.

A fita luminosa emite a luz com base em um processo de eletroluminescência, no qual fósforo é estimulado eletricamente com corrente alternada para produzir luz. Neste caso, o fósforo está localizado entre duas placas condutoras, sendo uma delas transparente para a luz produzida.

Uma unidade geradora de energia consegue iluminar até 100 metros de fita, e diferentes tensões e frequências aplicadas resultam em diferenças no brilho e cor da luz produzida.

Veja alguns vídeos de demonstração do produto.

Algumas aplicações:

Site da empresa
http://www.lighttape.com/

Via Gizmag

Texto escrito por Prof. Dr. Luís Roberto Brudna Holzle ( luisbrudna@gmail.com ) – Universidade Federal do Pampa – Bagé.

13 comentários

  1. Famscrow jul 6, 2009
  2. Mihh jul 6, 2009
  3. Cris jul 10, 2009
  4. ronaldo out 19, 2009
  5. admin out 19, 2009
  6. Fernando maio 1, 2010
  7. gerivaldo da silva set 12, 2011
  8. alexandre out 26, 2011
  9. Agnaldo jan 22, 2012
  10. diego mar 13, 2012
  11. AURIO abr 3, 2013
  12. admin abr 15, 2013
  13. Vanderlei Werneck jun 3, 2013

Escreva um comentário