tabela periódica Arquivo

Orbital – a definição

Prof. Martyn mostra os formatos e diferenças entre os orbitais atômicos, sobre a distribuição dos elétrons em volta de um núcleo de um elemento químico, e comenta como orbitais implicam nas propriedades dos elementos químicos.

Vídeo com legendas em português. Para ativar, clique em play e depois selecione a legenda pelo botão CC que aparecerá no vídeo do Youtube.

Lavoisier ao Sistema Periódico

O Professor Juergen Heinrich Maar informou que a segunda parte de seu livro ´História da química´ estará disponível nas próximas semanas nas livrarias.

A primeira parte apresentava a história dos primórdios da química até Lavoisier, e a segunda, como o subtítulo já avisa, será de Lavoisier ao Sistema Periódico.

A obra foi lançada pela Editora Papa-Livro e conta com impressionantes 1182 páginas, superando as 946 páginas presentes na primeira parte!

autor Juergen Heinrich Maar

detalhes e capa
ISBN 978-85-7291-159-7

Hélio- 3

foto da Lua
O hélio-3, com seu nome estranho e fonte de curiosidade que aficciona, é nada mais do que um isótopo do hélio.
A aplicação promissora para um futuro (talvez distante) é em processos de fusão nuclear.

Primeiro, o que são os isótopos do hélio?
Para este elemento são conhecidos um total de oito isótopos, e destes somente o hélio-3 e o hélio-4 podem ser considerados estáveis.
Na atmosfera da Terra o He-4 é um milhão de vezes mais abundante queo He-3.
O núcleo destes hélio contém sempre 2 prótons, mas diferenciam-se pelo número de nêutrons. E neste caso o He-3 possui 1 nêutron, o He-4 possui 2 nêutrons, o He-5 tem 3 nêutrons, e assim por diante, até o estranho He-10, contendo 8 nêutrons.

E a fusão?
Bom, a fusão é a chave para a energia limpa (ou ´menos suja´) para alguns cientistas atualmente, a fusão nuclear pode ser entendida através do seguinte pensamento:
Junte dois átomos para formar outro com núcleo maior, com uma grande liberação de energia.
Tal processo é complicado e necessita de muita energia para ser iniciado, e ainda não é totalmente controlado para a geração contínua de energia na Terra, mas ocorre diariamente no Sol.

Mas existem os seguintes problemas, a ciência da fusão controlada e eficiente ainda esta engatilhando, o He-3 é escasso na terra, solução é a seguinte aperfeiçoar os estudos na fusão e extrair He-3 da Lua.
Da Lua? Exatamente o que você leu! A Lua possui grandes quantias de He-3. Mas neste caso trocaremos um problema por outro, como transportar grandes quantias de um elemento da Lua até a Terra? E a história da corrida tecnológica continua…

Texto escrito por Dison Franco.

Química: Uma história volátil


Em mais uma fascinante série de documentários produzidos pela BBC, o professor Al-Khalili narra a magnífica história da química e da busca humana por por entender, dominar e combinar os elementos químicos.

Dividida em três episódios, com 50 minutos cada, a série utiliza como pano de fundo a tabela periódica para tecer as correlações históricas e fundamentar o avanço obtido nas descobertas realizadas pelos cientistas nesta busca de entender o mundo em que vivemos.

Veja abaixo um trecho do documentário (em inglês, sem tradução).
Neste vídeo o professor Al-Khalili demonstra que o diamante é feito de carbono e pode ser queimado!

Toda a série ainda está em inglês e aguardamos que uma versão dublada ou legendada seja exibida futuramente no canal da TV Escola.
Tentei contato com a equipe da TV Escola para sugerir a exibição do documentário mas não obtive resposta. Se alguém conhece algum modo de contatar da equipe da TV Escola, favor informar! (Recebi a resposta!)

TabelaPeriódica.Org – Um novo projeto

Este blog passou alguns dias sem atualização mais dedicada, mas foi por um motivo nobre. Trabalhei durante as duas últimas semanas em um novo projeto.
O TabelaPeriodica.Org

http://www.tabelaperiodica.org/

O objetivo deste novo projeto é reunir em um site (e sub-sites) informações diversas sobre a tabela periódica.

O projeto não pretende ser uma simples coleta de informações sobre cada elemento. Não existe necessidade de escrever uma enciclopédia de informações. Para isso já existem diversas fontes de informação impressa e a própria Wikipedia.

No momento, o projeto foi preenchido com vídeos sobre os elementos da tabela, e com início de coleta de imagens interessantes sobre cada elemento, sendo este último hospedado no endereço
http://imagens.tabelaperiodica.org/

Decidi divulgar a existência do projeto, mesmo sem ter concluído (fase alfa), para que os visitantes do Em Síntese possam contribuir com dicas, sugestões, informações e com a busca de problemas de navegação e formatação do novo site.