Month: August 2008

O Knol e a química


O Knol é uma nova plataforma criada pelo Google para ser uma ´enciclopédia na internet´.
Este objetivo já é suprido pela Wikipedia. Porque o Google iria criar uma ferramenta semelhante?
O Knol tem uma filosofia diferente da Wikipedia, com a possibilidade do autor ter um controle maior sobre o que escreve no site, com a possibilidade de futuras edições e acompanhamento da avaliação e sugestão dos leitores.
Para aqueles autores que não gostam de ter o seu texto alterado constantemente, como ocorre na Wikipedia, o Knol é uma excelente alternativa.

Por ser um portal novo, ainda não existe uma variedade de informações em todas as áreas da ciência.

Alguns destaques na área de química
Terras raras
[link removido]

Proteção catódica
[link removido]
OBS: O Knol foi desativado pelo google.

Até o momento são poucos os textos em português (com qualidade).

Química na publicidade

captura-video-propaganda-1
Transformando ciência em saúde.
Uma interessante campanha publicitária da empresa Mantecorp traz uma sequência de princípios ativos presentes em alguns produtos.

Ácido acetil salicílico (AAS), cafeína, fenilefrina, maleato de dexclorfeniramina, salicilato de metila, extrato de beladona, óxido de zinco, cânfora, octil metoxi cinamato, benzofenona 3 e salicilato de octila.

Blog sobre Linus Pauling

foto de pauling

Uma quantidade imensa de informações sobre a vida obra de Linus Pauling está disponível em portais específicos na internet.
Quando o número de páginas é muito grande para ser explorada, fica difícil um curioso encontrar o que existe de mais interessante na vida deste fenomenal químico. Para resolver este problema, o grupo que organiza a coleção de Linus Pauling criou um blog para expor aos poucos algumas seleções de histórias interessantes.
A coleção completa contém mais de 500.000 ítens. Então pode ter certeza que existe muito material para este blog.

Endereço do blog
http://paulingblog.wordpress.com/

Texto escrito por Prof. Dr. Luís Roberto Brudna Holzle.

Mudando de cor com a temperatura

Que tal usar uma roupa que muda de cor com a temperatura? A utilidade parece ser mais estética, para obter um produto com um diferencial.

O termocromismo (mudança de cor com a temperatura) pode resultar em efeitos interessantes.

Para conseguir esse efeito é necessária uma combinação de duas cores: a cor do corante do tecido, que permanece constante e um corante termocrômico. Este corante é retido em microcápsulas com líquido de poucos micrometros de diâmetro (com cobertura transparente). O líquido é composto de um corante leuco (no caso é a CVL), um ácido fraco (1,2,3-benzotriazol) e um sal (CH3(CH2)7CHCH(CH2)7COOH3N(CH2)13CH3), dissolvidos em dodecanol.
O sal tende a dissociar em amina e ácido carboxílico em altas temperaturas.


Transformação entre a forma colorida e a incolor da CVL.
Em baixas temperaturas a cor do tecido é uma combinação da cor das microcápsulas com a cor do corante do tecido, enquanto que em altas temperaturas as cápsulas tornam-se incolores e a cor do tecido prevalece.

Na década de 80, a grife Hypercolor começou a produzir uma coleção de roupas com esse tipo de corante. Só que a tecnologia não estava bem desenvolvida e o produto perdia as propriedades de mudança de cor se não fosse corretamente manuseado, como por exemplo, lavando em água muito quente.

Comercial da marca.

Leia mais
Thermochromism in Commercial Products
Mary Anne White and Monique LeBlanc
Vol. 76 No. 9 September 1999 • Journal of Chemical Education

Texto escrito por Prof. Dr. Luís Roberto Brudna Holzle.

Revista eletrônica de ensino de química

Foi lançada este mês uma nova revista sobre ensino de química.

Disponível no site
[site desativado]
a revista traz interessantes artigos em português, e de fácil leitura.

Nesta primeira edição, a revista apresenta um interessante e rápido texto sobre o delicado equilíbrio de acidez do sangue.
[site desativado]

O editor Adriano Lopes Romero convida todos  pesquisadores ligados ao ensino de Química de diferentes
instituições para participarem enviando artigos ou materais didáticos.

Texto escrito por Prof. Dr. Luís Roberto Brudna Holzle.

Elementos químicos em áudio


A tabela periódica está cada dia mais multimídia. O espetacular projeto de vídeos sobre a tabela periódica já é um sucesso absoluto de acessos no Youtube.
Mas ainda existe espaço para mais conteúdo interessante. A equipe do Chemistry World mantém um podcast sobre diversos elementos. Em cada caso um cientista ou autor reconhecido faz algum comentário interessante sobre o elemento em questão.

Chemistry in its element
http://www.rsc.org/periodic-table/podcast

Texto escrito por Prof. Dr. Luís Roberto Brudna Holzle.